36ª Feira do Livro: Medidas sanitárias serão rigorosas durante evento literário

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria da Cultura, promove a partir desta sexta-feira (27) a 36ª Feira do Livro do Município. O tema desta edição é “Leitura, prazer e liberdade” e conta com o poeta, professor e jornalista Dinarte Albuquerque Filho como patrono do evento e o livreiro Paulo Roberto Fogaça como amigo do livro.


A abertura oficial será às 18h30min, na praça Dante Alighieri, com show da banda caxiense “Rota Lunar”. Serão 17 dias de atrações culturais e artísticas, realizadas de forma presencial (64) e virtual (32), abertas à comunidade e 28 bancas, sendo 20 de Caxias do Sul e oito de outros municípios, que oferecerão até 20% de desconto.


Em virtude da pandemia da Covid-19, os protocolos sanitários serão rigorosamente seguidos durante a 36ª Feira do Livro. Os acessos à Feira serão exclusivamente pelos pórticos montados junto às estruturas. O restante da Feira será totalmente fechada com bretes. Além disso, para entrada à Feira será feita aferição de temperatura e será obrigatória a higienização das mãos com álcool em gel. O uso de máscara será obrigatório para público e equipes que trabalharão no evento.


A capacidade de público na Feira será gerenciada de acordo com o PPCI do evento. Somente 30% da capacidade prevista no PPCI será permitida. Além disso, as atividades no palco principal somente poderão ser conferidas com o público sentado. O número de cadeiras será reduzido e o espaçamento entre elas será de 1 metro.


Em caso de mudança de bandeira na classificação de distanciamento controlado por parte do Governo do Estado, a Feira do Livro será mantida com a venda de livros e a programação virtual, porém a programação presencial no palco principal somente será realizada em caso de permanência do Município em bandeira laranja ou amarela.


Confira abaixo o protocolo sanitário durante a 36ª Feira do Livro:

  • somente será permitido o acesso aos espaços da Feira do Livro de pessoas usando máscara de proteção e com as mãos higienizadas;

  • os colaboradores trabalharão com máscaras de proteção, devendo trocá-las a cada 2 horas. A recomendação é válida tanto para as equipes da Secretaria da Cultura quanto para livrarias, editoras e demais participantes vinculados ao evento;

  • deve haver higienização constante das mãos, sobretudo antes e após a manipulação de livros e outros materiais;

  • caso haja formação de fila de espera para acesso aos locais de programação ou comércio de livros, esta deverá observar o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas e privilegiar o local mais arejado, sempre que possível;

  • no caso de locais com acesso controlado, será aferida a temperatura dos ingressantes com a utilização de termômetro de infravermelho.

  • o comércio de livros ocorre nas bancas das livrarias e editoras. Serão permitidas no máximo 29 bancas para comércio de livros, sob responsabilidade da respectiva livraria ou editora, espalhadas pela Praça Dante Alighieri, ao redor do chafariz e na calçada da Rua Dr. Montaury;

  • as bancas guardarão entre si distanciamento mínimo de 1 metro nas laterais, podendo este espaço ser inutilizado por questões sanitárias de afastamento social;

  • entre os funcionários trabalhando nas bancas e entre funcionários e clientes deverá ser observado o afastamento mínimo de 1,5 metro. O desenho da maioria das bancas tradicionalmente utilizadas na Feira do Livro de Caxias do Sul já estabelece limites físicos de aproximação, em parâmetros condizentes, devido à existência de abas retráteis para exibição dos livros. No entanto, caso necessário, serão instalados cordões de isolamento;

  • todos os funcionários alocados nas bancas deverão utilizar máscaras sobre o nariz e a boca e manter a higiene constante das mãos;

  • todas as bancas deverão disponibilizar álcool etílico 70° INPM (álcool 70%) para higienização das mãos dos clientes;

  • recomenda-se que os livros adquiridos não sejam manipulados antes do quinto dia após a compra e que as partes passíveis de higienização com álcool ou outro desinfetante (e.g. capas) sejam higienizadas;

  • serão distribuídos de 8 a 10 pontos de fornecimento de álcool gel 70% (totens ou dispensers) na área da Praça Dante onde haja atividades afins à Feira do Livro;

  • haverá controle de lotação das áreas da Praça Dante Alighieri diretamente relacionadas à Feira do Livro, com controle de acesso e medição de temperatura;

  • a programação literária e cultural que acontecer de forma presencial observará o distanciamento mínimo de 1 metro entre os assentos. No caso de eventos que ocorram no Teatro Municipal Pedro Parenti, será observado o protocolo do local, desde que garantido o distanciamento mínimo de um assento entre cada pessoa;

  • todos os participantes deverão utilizar máscara cobrindo o nariz e a boca e manter a higiene das mãos;

  • será disponibilizado pelo menos um totem de álcool gel 70% na entrada da Casa da Cultura, além de dispensers nos locais da Biblioteca Pública e da Galeria de Arte que venham a receber eventos e nas sessões de autógrafos;

  • haverá controle de lotação dos espaços da Casa da Cultura, com controle de acesso e medição de temperatura.