Feira do Livro recebe premiação do concurso cultural Dedo Verde


Quem passou pela 34ª Feira do Livro de Caxias do Sul neste sábado (06/10) teve a oportunidade de conferir a premiação do concurso cultural Dedo Verde, promovido pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma). A ação é direcionada a estudantes da Educação Infantil com o objetivo de estimular a imaginação através da confecção de desenhos relacionados à importância da preservação do meio ambiente. O evento ocorreu à tarde, no palco infantojuvenil, e reuniu crianças, pais e equipes diretivas de escolas do município, além de representantes da Semma.

O tema escolhido para este ano foi “Resíduos Sólidos: Educação e Ação – Um caminho para a sustentabilidade”. Ao todo, a Semma recebeu 63 desenhos. A comunidade votou presencialmente ou online para escolher os vencedores, de 24/09 a 02/10. Em oito dias foram registrados mais de 5,6 mil votos.

Em primeiro lugar ficou a estudante Kamyli da Silva Souza, com a obra “Coloque o lixo no lixo”, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Luiza Morelli, que recebeu 1.222 votos. Em segundo lugar, com “Arco-íris do lixo”, a estudante Isabelle Abreu Ramos, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Ruben Bento Alves, com 1.190 votos. E em terceiro lugar, Melissa Antônia da Silva Dambrós, com o desenho “Antony e o planeta Terra”, também da Ruben Bento Alves, com 1.186 votos. “Ficamos muito felizes em ganhar. A Kamyli sempre teve o hábito de desenhar e agora foi recompensada”, disse a mãe da menina de seis anos, Josiane da Silva, doméstica.

Os ganhadores receberam certificado e um kit desenho com o livro “Aprendendo a Voar”, caderno de desenho, lápis de cor, giz de cera, canetinha, régua, lápis, borracha, apontador, uma pasta e uma ecobag personalizada. “Com esse kit queremos continuar estimulando as crianças a desenharem, desenvolvendo seus talentos e ajudando a preservar o meio ambiente”, resumiu Cassiane Giacomelli, gerente de Educação Ambiental da Semma.

Já a titular da secretaria, Patrícia Rasia, destacou a parceria e o envolvimento das escolas. “Temos certeza de que o nosso objetivo foi alcançado. Agradecemos o apoio e o engajamento das escolas, que participaram nos enviando mais de 60 desenhos e incentivando os mais de cinco mil votos. A preservação do meio ambiente começa com a conscientização e o concurso mostra que estamos no caminho certo”, analisou Patrícia.

Antes da premiação, a jornalista e escritora Vânia Marta Espeiorin contou a história do livro “O Menino do Dedo Verde”, no qual o nome do concurso cultural é inspirado. A obra do escritor francês Maurice Druon, com nome original de “Tistou les pouces verts”, conta a história de Tistu, uma criança capaz de fazer crescer flores e outras plantas apenas com o toque de sua pequena mão.

Assessoria de Imprensa - Semma