Escritora Cláudia Tajes participa de bate-papo nesta sexta-feira na 34ª Feira do Livro


O bom humor como estratégia para driblar as amarguras cotidianas. Uma experiência pessoal, expressada rotineiramente no trabalho, que a escritora Cláudia Tajes compartilhará com o público caxiense nesta sexta-feira (05/10). O bate-papo faz parte da programação da 34ª Feira do Livro de Caxias do Sul e ocorre na Galeria Municipal de Arte Gerd Bornheim, com entrada gratuita. A jornalista Tríssia Ordovás Sartori fará a mediação do encontro, a partir das 19h.

Claudia Tajes é porto-alegrense, gremista, cronista e roteirista. Embora se considere uma pessoa crítica, que não acha graça em tudo que vê ou ouve, identifica no humor uma ferramenta para viver melhor.

“É só abrir as redes sociais para se ter uma ideia de como a nossa realidade está azeda. Mas, ficar remoendo amarguras não faz bem a ninguém. Temos que fazer como o limão, que apesar de azedo pode se transformar em algo melhor, como uma caipirinha”, brinca.

A escritora falará sobre suas experiências literárias, que contabilizam a publicação de dez livros, entre eles: “Dez (Quase) Amores”, “A Vida Sexual da Mulher Feia” e “Louca por homem”, que virou a série “Mulher de fases” no canal HBO. No bate-papo, ela também abordará a importância do feminino em temáticas como eleições e literatura. Após a roda de conversa, Cláudia estará disponível para sessão de autógrafos.

Assessoria de Imprensa - SMC