Aniversários da Biblioteca Pública, Museu Municipal e Casa da Cultura movimentam Feira do Livro

Homenagens ocorreram na noite desta terça-feira no Teatro Pedro Parenti

Biblioteca Pública, Museu Municipal e Casa da Cultura foram homenageados por seus aniversários nesta terça-feira (03/10), no Teatro Municipal Pedro Parenti. Instituídas por Lei Municipal em 1947, a Biblioteca Pública Dr. Demetrio Niederauer e o Museu Municipal completam 70 anos em 2017. Já a Casa da Cultura Percy Vargas de Abreu e Lima comemora 35 anos.

As celebrações iniciaram com as intervenções culturais da Cia Gare Teatral. Atores caracterizados como Romeu e Julieta, além de outras personagens, interagiram com a plateia. Logo após, representantes da Biblioteca, do Museu e do Teatro receberam uma placa em homenagem aos aniversários desses espaços públicos.

Para Maria Cristina Tiburi Pisoni, na Biblioteca Municipal nasceram e cresceram importantes projetos pra articular informação, educação, cultura, leitura e literatura. “Que as pessoas incentivem umas às outras a frequentar o local. Aqui conseguimos trabalhar diversos temas relevantes para a sociedade”, enfatizou a diretora da Biblioteca Municipal.

“Os 70 anos do Museu são uma grande festa para a comunidade em geral, mas principalmente para os que se preocupam em preservar a memória da cidade. Estamos orgulhosos em poder participar das comemorações”, celebrou a representante do Museu Municipal, Ludimila Zan.

A secretária municipal da Cultura, Adriana Antunes, disse que os três locais estimulam e servem de apoio para o processo de aprendizagem, disseminação e compartilhamento, assim como as próprias práticas culturais. “Estamos comemorando o idealismo de pessoas que sonhavam com a construção de espaços públicos voltados para a cultura e a educação da sociedade. Niederauer e Mansueto deixaram bem mais que apenas prédios. Eles deram início ao desenvolvimento de sujeitos capazes de lidar com igualdades e diferenças”, analisou.

O acordeonista Gabriel Ramos encerrou com comemorações da noite, que também contou com a abertura da exposição “A Alma da Casa”, do Clube do Fotógrafo. As 21 fotografias apresentam os olhares do grupo de fotógrafos em relação a cada casa que está de aniversário.

As homenagens integraram a programação da 33ª Feira do Livro, que ocorre até o dia 15 de outubro na Praça Dante Alighieri e também com ações descentralizadas pela cidade.

História

A Biblioteca Pública Municipal Dr. Demetrio Niederauer conta com um acervo de cerca de 100 mil livros e há 70 anos democratiza o acesso à leitura em Caxias do Sul. Para isso, possui projetos como a ação Livro Livre, que permite que o leitor troque um livro seu por outro gratuitamente, e o Concurso Anual Literário, que valoriza os escritores da região. Demetrio Niederauer foi o prefeito responsável pela sanção da lei que instituía a Biblioteca Pública e o Museu Municipal. Em 2001, foi homenageado dando nome à biblioteca.

Em 1947 o Museu Municipal ganhou vida e, nas comemorações do Centenário da Imigração Italiana, foi inaugurado em novo endereço: um sobrado colonial, na Rua Visconde de Pelotas. O Museu preserva e divulga cerca de 11 mil peças referentes à história caxiense e, principalmente, à trajetória dos imigrantes que ocuparam a região nordeste do Rio Grande do Sul.

Já a Casa da Cultura surgiu há 35 anos para transformar e estabelecer um berço para a cena cultural de Caxias do Sul. Desde o início da década de 1980, o local tem sido palco de manifestações culturais na cidade. O espaço que abriga hoje a Galeria de Arte Gerd Bornheim, o Teatro Municipal Pedro Parenti e a Biblioteca Pública Municipal Dr. Demétrio Niederauer, homenageia o advogado Percy Vargas, militante das causas sociais e culturais na cidade.

​© 2020 por Secretaria Municipal da Cultura de Caxias do Sul